12 de abr de 2010

Santos larga na frente

Nem Robinho, nem Neymar, quem decidiu o placar ontem no Morumbi foi o zagueiro Durval. No momento em que a primeira partida da semi-final do Campeonato Paulista entre São Paulo e Santos estava empatada em 2 a 2, o defensor, de cabeça, marcou o gol da vitória santista após erro grotesco de Rogério Ceni.

No começo, nenhuma novidade. O Santos usou e abusou da velocidade de seu ataque. Chegou mais vezes ao gol adversário e levou mais perigo. O São Paulo jogando dentro de casa não se intimidou e também criou algumas oportunidades claras de abrir o placar.

Porém, os Meninos da Vila foram mais eficientes, ta certo que com uma “ajudinha” de Júnior César, mas de qualquer forma, o Peixe saiu na frente. Empolgados, os garotos continuaram no ataque, até que Neymar colocou André na cara do gol. O camisa 9 só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede de Rogério Ceni.

Na segunda etapa, quando tudo parecia perdido, Hernanes, após boa jogada, de fora da área, acertou o canto de Felipe e diminuiu o marcador. Após algumas tentativas, Dagoberto chegou ao gol, assim, igualando o placar. O resultado ilustrava bem o equilíbrio que o jogo apresentou.

Para o São Paulo, o empate não era o melhor resultado. Empurrado pela torcida, o Tricolor buscou a virada. Não conseguiu!

As chances desperdiçadas custaram caro. Aos 44, Madson cruzou, Rogério Ceni foi na bola, mas só achou o vento, Durval aproveitou a falha do camisa 1 e fez de cabeça seu primeiro gol com a camisa do Santos. E não poderia ter sido melhor, pois o Peixe pode perder por até por um gol de diferença na Vila Belmiro que mesmo assim estará na final.

O São Paulo, entretanto, possui totais condições de reverter esta situação e ser o clube grande finalista do Campeonato Paulista 2010.


RAMALHÃO EM VANTAGEM

O Santo André venceu fora de casa o primeiro confronto contra o Grêmio Prudente por 2 a 1. A equipe do ABC tem a vantagem do empate, portanto, assim como o Santos, pode perder por até um gol de diferença que ainda será o finalista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário