18 de nov de 2010

Tudo dando certo


Foto: Ernesto Rodrigues / Agência Estado

A opção infeliz do técnico Luiz Felipe Scolari de abandonar o Brasileirão e se dedicar somente a Sul-Americana até aqui tem dado certo. Evidente que o principal objetivo do Palmeiras é a Taça Libertadores do ano quem vem, mas será que não foi uma atitude um tanto quanto arriscada?

Para mim a resposta é muito clara. Claro que sim!

Restando quatro rodadas para o término do Nacional, o Verdão tinha chances claras de buscar a vaga também no Brasileiro, entretanto, Scolari mandou a campo uma equipe reserva que perdeu feio para o Atletico-GO, como já tinha feito na vitória contra o Goiás por 3 a 2 na Arena Barueri.

Ta certo que o desgaste dos jogadores seria maior, porém um esforço nos últimos dias de trabalho certamente valeria a pena.

Na Sul-Americana qualquer detalhe pode fazer com que o Palmeiras perca o ano mais uma vez. Depois da frustração do ano passado quando a equipe, ainda dirigida por Muricy Ramalho, perdeu não só o título quanto a vaga no G4, a diretoria alvi-verde deveria saber que o futebol está longe de ser previsível.

Ontem, mais um passo importante. A vitória por 1 a 0 fora de casa dá tranquilidade para os jogadores na próxima partida, essa sim, decisiva. Torcer para a LDU também é uma boa. Já que a equipe equatoriana já está garantida na Libertadores, se for a final, pode até vencer, porém a vaga automaticamente vai para o vice.

No final não será um erro se os palmeirenses comemorarem o título Sul-Americano. Mas que a aposta foi arriscada, isso ninguém pode negar.