1 de fev de 2011

Os meninos que resolvem

É fato que o Neymar é um jogador diferenciado. Ontem diante do Chile o garoto desequilibrou mais uma vez. Não apenas pelos dois gols, aliás, o primeiro, um golaço de falta, mas também pela raça e determinação dentro de campo. Vi muitas vezes ele voltando para o campo de defesa para ajudar na marcação. Outro fato, é que se continuar com essa humildade, Neymar estará erguendo o troféu de melhor jogador do mundo num futuro próximo.

O que merece, também, ser ressaltado é o excelente futebol do camisa dez dessa sub-20. Lucas atuou bem em todas as partidas deste Sul-Americano, mas ontem se superou. O golaço de cobertura e as arrancadas com velocidade deixam claro que o São Paulo revelou um talento com capacidade para chegar à seleção principal, e quem sabe, disputar o Mundial de 2014. É uma pena que saiu lesionado no segundo tempo, mas vamos torcer para que ele esteja inteiro para o próximo jogo.

No final das contas foi uma vitória convincente. Não é todo dia que vemos um placar de 5 a 1 em uma fase final de campeonato.

Se bem que o Chile até esboçou uma reação após o empate, mas jogar contra Neymar, Lucas e Oscar não é fácil. Os dois primeiros principalmente estão usando e abusando do talento individual para carregar esse time nas costas. Ta certo que às vezes a individualidade atrapalha, mas eles têm crédito.

Para a partida contra a Colômbia no próximo dia 04, gostaria de ver Henrique no lugar de Willian no ataque. De resto está redondinho.

18 de jan de 2011

Ele é o cara!


Já virou uma cena comum vermos aquele garoto de moicano, bem feio, diga-se de passagem, comemorando um gol, muitas vezes um golaço, como aconteceu em duas oportunidades na vitória do Brasil sobre o Paraguai na estréia da nossa seleção sub 20 no sul-americano no Peru.

Quem venceu foi o Brasil, mas sem dúvida Neymar foi o principal responsável pela excelente vitória.

Fica claro a superioridade técnica do jogador do Santos em relação aos adversários. Mais do que um goleador, Neymar tem se saído um jogador com todas as qualidades necessárias para que possamos chamá-lo de craque!

Os paraguaios apelaram com entradas maldosas, mas quem foi que disse que o moleque se intimidou!? Que nada, muito pelo contrário. Aí é que ele foi pra cima mesmo. Coitado do zagueirão lá que deve estar tonto até agora.

O volante Casemiro do São Paulo foi outro que mostrou muita personalidade em campo.

Fato é que se nossos garotos continuarem apresentando esse futebol vai ser difícil alguém tirar o título das nossas mãos.

17 de jan de 2011

Só o Verdão tropeçou

Além do último final de semana marcar o primeiro das minhas férias, também foi nele que começou o Campeonato Paulista 2011.

No sábado o Santos estreou bem e confirmou o favoritismo na vitória de 4 a 1 sobre o Linense fora de casa. O atual campeão é um dos que irão brigar pelo título, mesmo com a Libertadores atrelada ao regional.

O Palmeiras, eeee Palmeiras! Esse foi o único dos grandes que não venceu. Lincon e Kleber até que se esforçaram, mas a falta de objetividade na hora de concluir ao gol definiu o 0 a 0 diante do Botafogo.

A torcida, com muita razão, protestou no final da partida mandando um recado para a diretoria em relação a contratação de reforços para o limitado elenco palmeirense.
O que não pode é o Felipão continuar com o mesmo discurso de que o time ainda está em formação. Mas até quando esse time vai estar em formação? O futebol não permite isso. Qualquer jogo contra qualquer equipe é sempre muito difícil. E outra, desde o ano passado que ele trabalha com esses jogadores, já passou da hora do trabalho dar resultado.

Será mais um ano de angústia para a torcida que tanto encarece de uma alegria? A fase está tão ruim que até na Copinha o clube já foi eliminado.

11 de jan de 2011

Final feliz para os rubro-negros

A novela foi longa e cansativa, mas finalmente teve um ponto final. Depois de tanto diz que me disse, Ronaldinho Gaúcho assinou contrato com o Flamengo na última madrugada em uma churrascaria do Rio de Janeiro.

É com razão que a presidente do clube, Patricia Amorim, bate no peito dizendo "Ele é nosso".

Agora, o interessante é analisar as razões de tanta enrolação de Assis, empresário do jogador, o motivo da opção de ficar no Rio de Janeiro e como ficaram Palmeiras e Grêmio, os outros clubes interessados na contratação do craque.

Não tenho dúvidas que as praias, festas e belas garotas da cidade maravilhosa pesou na decisão do "show men". Mas é claro que qualquer jogador sonhe em atuar no clube de maior torcida do país. A expectativa é se RG renderá o que se espera. Eu acredito que sim!

Para os gremistas, a tal novela teve o final mais trágico. Os gaúchos acharam que o sentimento pelo clube que o revelou falaria mais alto. Enfim, não foi desta vez.

Já o Palmeiras, para variar, perdeu uma "disputa" nos bastidores. Para quem sonhava com Ronaldinho, contratar Thiago Heleno, é quase um baque.

Os nomes que surgem no Palestra Itália é de Jô, Alex e Diego. De fato, são bons nomes. O problema é que a torcida não aguenta mais especulações. Já passou da hora da diretoria se acertar, pois só assim os resultados dentro de campo vão aparecer.