21 de mar de 2010

Palmeiras e Corinthians decepcionam no Paulistão

De fato o Palestra Itália não está sendo o melhor estádio para o Palmeiras embalar no Campeonato Paulista. Na tarde de sábado a equipe de Antônio Carlos Zago perdeu outra partida jogando em casa, desta vez, a decepção foi contra a Ponte Preta. As duas vitórias seguidas do Verdão não foram suficiente para que o time engrenasse.

O 1º tempo equilibrado acabou empatado. Porém, na etapa final a Ponte soube explorar os erros do adversário e balançou 2 vezes a rede do goleiro Marcos.

A derrota afastou o Palmeiras do G4, dificultando, e muito, as chances de classificação para a 2ª fase do regional. Resta ao Verdão se dedicar na Copa do Brasil para não encerrar o 1º semestre sem nenhuma conquista, coisa que a torcida está sendo obrigada a se acostumar, já que o último título de expressão foi a Libertadores de 99, em 2008 a equipe venceu o Paulista.

O placar de 2 a 0 se repetiu em Presidente Prudente, onde o Prudente venceu o Corinthians.

Pela péssima qualidade das duas equipes na 1ª etapa, ninguém conseguiu chegar ao gol adversário. A jogada mais perigosa partiu de uma bicicleta de Souza pelo lado do Timão, quando o cronômetro chegava perto dos 40 minutos.

Apesar do sono que a partida me proporcionou, ainda consegui assistir ao 2º tempo, que graças a Deus foi mais movimentado.

Roberto Carlos acertou dois chutes de longa distância que quase surpreendeu o goleiro Márcio, aliás, graças ao camisa 1 que o time do interior garantiu a vitória.

O Corinthians resolveu jogar bola quando sofreu o 1º gol. Foi ao ataque, pressionou o adversário, melhorou com a entrada de Elias e Dentinho, mas a bola custou a entrar. Márcio estava em tarde inspirada. Mesmo quando a bola passou dele, apareceu sua zaga para evitar o empate.

O castigo venho no final do jogo, Robson marcou seu segundo gol na partida e definiu o marcador.

Mesmo com a derrota, o Timão permanece na 4ª posição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário