6 de ago de 2010

Tricolor vence mas não comemora

Bom, como assisti o debate na Band, ao invés do jogo, vou comentar sobre o que nossos candidatos à presidência falaram na noite de ontem.

Brincadeiraaaaaaa!!! rsrs

Que jogão de bola. O Morumbi recebeu ontem uma das melhores partidas do ano, se não a melhor, incluindo os jogos da Copa do Mundo. O São Paulo levou a pior, mas provou a todos que é, de fato, uma grande equipe. Era visível a disposição e vontade de vencer que os jogadores entraram em campo. Certamente a preparação antes do jogo foi muito bem feita.

O time jogou bem durante todos os 90 minutos. Teve calma, tocou a bola de lado, até que abriu o placar com Alex Silva, depois de um erro grotesco do goleiro Renan. Um toque de cabeça basicamente perfeito, como comentou Henrique Guilherme, da Rádio Transamérica, encheu os são paulinos de esperança.

Alecssandro despejou um balde de água fria na torcida que fazia uma linda festa nas arquibancadas. A leve desviada na bola, após cobrança de falta, deixou tudo igual.

O São Paulo não se abateu. Hernanes jogando muita bola empurrou o time para frente. Ricardo Oliveira entendeu o recado e marcou o segundo do Tricolor. Mas parou por aí. A defesa do Internacional não falhou novamente. Com uma marcação muito consistente, os Colorados conseguiram segurar o resultado até o final.

Inter classificado e garantido no Mundial de Clubes no final do ano.

Mesmo eliminado o São Paulo está de parabéns por ter lutado até o fim. Faltou pouco para ser o finalista.
Agora é levantar a cabeça e encarar com a mesma motivação a seqüência do Campeonato Brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário