26 de ago de 2010

Sobre a 16ª rodada

A vitória convincente do Corinthians no clássico contra o São Paulo indicava que a equipe estava pronta para vencer atuando fora de casa. Puro engano. O técnico Adílson Batista recuou Elias e deixou Jucilei mais solto na criação do meio de campo. Depois da partida, o comandante explicou que pretendia surpreender o Cruzeiro, seu ex clube. Na verdade, Adílson é quem foi pego de surpresa. O gol do time mineiro logo aos três minutos do primeiro tempo foi o suficiente para derrotar o Corinthians, que viu o Fluminense abrir cinco pontos na liderança.

No Morumbi, nenhuma novidade. O São Paulo não venceu e tampouco marcou gols. Até chegou algumas vezes ao ataque, mas ninguém teve a capacidade de acertar a rede do Vasco. Com apenas um ponto ganho, o Tricolor enxerga a zona do rebaixamento cada mais de perto.

O Santos, que ameaçou entrar numa crise, venceu mais uma. Os três pontos conquistados fora de casa contra o Grêmio, garantiu o Peixe no G4. Neymar novamente apresentou um bom futebol. Dorival Júnior encaixou algumas peças na equipe que tem dado certo. A notícia ruim foi a contusão no joelho de Paulo Henrique Ganso. Desde já registro aqui minhas vibrações positivas para que o camisa 10 não tenha sofrido uma lesão grave e que volte aos gramados o quanto antes. O futebol brasileiro precisa do talento desse menino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário