11 de ago de 2010

E não é que a molecada colocou os americanos na roda...


Que excelente estreia de Mano Menezes na seleção brasileira. Sua convocação não poderia ter sido melhor. Mesmo com apenas dois dias de trabalho, a nova geração nacional representou com muita personalidade nosso país.

Com quinze atletas que estiveram presente na Copa do Mundo, os EUA não viram a cor da bola. Thiago Silva e David Luiz pouco trabalho tiveram, atrás deles, Victor menos ainda.

No meio, Lucas fez muito bem seu papel de volante, enquanto que Ramires, incansável, saiu mais para o jogo e viu de perto Paulo Henrique Ganso mostrar todo seu talento.

Pela direita, Mano deveria ter testado Rafael no lugar de Daniel Alves, que não fez um bom jogo. Do outro lado, André Santos provou ao Dunga que a posição, seguramente, era dele na Copa.

Os entrosados Neymar e Robinho tiveram o auxílio de Alexandre Pato, que por sinal se encaixou muito bem nesse ataque.

A alegria, que há tempos na se tinha ao ver um jogo do Brasil, ontem voltou com força total. Foi empolgante o toque de bola refinado, as jogadas produzidas e alguns lances de efeito. Mano conseguiu atingir seu objetivo. Armou o time bastante ofensivo, e mesmo assim não deu espaço na marcação.

Estou otimista com essa base. Claro que alguns jogadores mais experientes serão muito bem vindo, mas certamente o caminho para o hexa começou em grande estilo.

O jogo se tornou fácil por mérito dos nossos jogadores.

Parabéns Brasil, parabéns Mano e parabéns a todos os jogadores que estiveram em campo nessa brilhante vitória.

Ontem foi um dos dias, no qual, me lembrei de como é bom e o orgulho que tenho de ser brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário