14 de ago de 2010

Enfim, a primeira vitória de Felipão


"Tínhamos que ter mais espírito palmeirense, mais sangue, mais luta". Essa foi a frase que marcou a entrevista coletiva do técnico Luiz Felipe Scolari logo após a partida que rendeu ao treinador a primeira vitória sob o comando do Palmeiras.

O jogo contra o Atlético-PR no Pacaembu não foi nada fácil, apesar do placar aparentemente tranquilo de 2 a 0.

Toda pressão que o Verdão tinha nas costas pela sequência de maus resultados, diminuiu quando o zagueiro Danilo abriu o placar logo no início do jogo.

Como nada anda fácil para o Palmeiras, essa mesma pressão ameaçou voltar no andamento da partida, quando a equipe paranaense buscava o gol a todo instante.

No segundo tempo, Felipão foi expulso de campo e nem teve a chance de ver do gramado o gol que definiu o resultado a favor do alvi-verde. Tinga, que já tinha dado assistência para Danilo, com um belo passe, deixou Erwethon na cara do gol. O atacante que havia acabado de entrar, fez a bola parar no fundo da rede do goleiro Neto.

Vale lembrar que o Palmeiras jogou boa parte do jogo com um a menos, depois que Tadeu tomou cartão vermelho.

Com muitas mudanças na equipe titular, hoje foi assim!

O Palmeiras jogou bem, mereceu a vitória e acabou com um jejum que estava pertubando o time de Palestra Itália.

Agora a torcida espera que o time volte a jogar com confiança e, principalmente, emplaque uma sequência de vitórias para chegar as posições de cima do Campeonato Brasileiro.

No meio de semana, um ótimo teste. O time precisa vencer o Vitória pela Copa Sul-Americana no mínimo por 2 a 0 para seguir na competição que dá uma vaga na Libertadores do ano que vem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário