15 de jul de 2010

Fora de casa Timão não sai do zero




No recomeço do Campeonato Brasileiro, um jogo entre os dois melhores classificados até aqui. O então líder Corinthians foi visitar o segundo colocado Ceará, pela oitava rodada da competição.

As duas equipes entraram em campo sem saber o que era perder neste Brasileirão.
Com os desfalques de Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo, o técnico Mano Menezes escalou Danilo no meio de campo e Defederico formou a dupla de ataque com Iarlei. Alessandro recuperado de contusão voltou a lateral direita.

No primeiro tempo, uma partida equilibrada com os donos da casa um pouco melhor, principalmente pelo lado direito. Após algumas chances criadas, o Ceará deixou de abrir o placar em duas oportunidades claras. Pelo lado corinthiano, Bruno César foi quem quase marcou no único chute de perigo.

Fim de primeiro tempo sem o marcador sair do zero.

Na volta ao gramado do Castelão, o jogo continuou movimentado.

A falta de criação no campo de ataque obrigou o comandante alvi-negro a substituir o argentino Defederico por Willian Moraes. No decorrer do jogo Iarlei deu lugar para Souza. Theco também entrou na vaga de Danilo. Nenhuma das alterações, no entanto, surtiu efeito.

Uma falta perigosa na entrada da área do Ceará, deu esperança a fiel torcida de
soltar um grito de gol. Depois de muita confusão, Chicão, sempre perigoso na bola parada, mandou por cima da meta cearense.

O Ceará respondeu em grande estilo, quando obrigou o goleiro Júlio Cesar a trabalhar
em três chutes que por pouco não entraram.

Mas foi só. Mesmo sem sair gols, foi um jogo bastante movimentado, com as equipes sempre em busca do gol. O Timão segue líder com 18 pontos.

O único que pode alcançar os dois times é o Fluminense que joga amanhã.

Os jogadores ainda não estão na melhor forma. Prova disso foi o excesso de faltas e de cartões amarelos, foram oito no total. Na maioria delas a infração ocorreu porque o atleta chegou atrasado na jogada.

Amanhã tem o clássico entre Palmeiras e Santos no Pacaembu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário