11 de jan de 2011

Final feliz para os rubro-negros

A novela foi longa e cansativa, mas finalmente teve um ponto final. Depois de tanto diz que me disse, Ronaldinho Gaúcho assinou contrato com o Flamengo na última madrugada em uma churrascaria do Rio de Janeiro.

É com razão que a presidente do clube, Patricia Amorim, bate no peito dizendo "Ele é nosso".

Agora, o interessante é analisar as razões de tanta enrolação de Assis, empresário do jogador, o motivo da opção de ficar no Rio de Janeiro e como ficaram Palmeiras e Grêmio, os outros clubes interessados na contratação do craque.

Não tenho dúvidas que as praias, festas e belas garotas da cidade maravilhosa pesou na decisão do "show men". Mas é claro que qualquer jogador sonhe em atuar no clube de maior torcida do país. A expectativa é se RG renderá o que se espera. Eu acredito que sim!

Para os gremistas, a tal novela teve o final mais trágico. Os gaúchos acharam que o sentimento pelo clube que o revelou falaria mais alto. Enfim, não foi desta vez.

Já o Palmeiras, para variar, perdeu uma "disputa" nos bastidores. Para quem sonhava com Ronaldinho, contratar Thiago Heleno, é quase um baque.

Os nomes que surgem no Palestra Itália é de Jô, Alex e Diego. De fato, são bons nomes. O problema é que a torcida não aguenta mais especulações. Já passou da hora da diretoria se acertar, pois só assim os resultados dentro de campo vão aparecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário